Aprovada Greve Geral dia 28 de abril

Enfrentamos hoje um momento terrível para os trabalhadores. As reformas impostas pelo governo golpista são um verdadeiro ataque aos direitos que conquistamos ao longo das gerações da história. Agora, o golpismo deseja destruir o maior direito conquistado pela classe trabalhadora desse país: a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Garantia de direitos fundamentais, como a regulamentação das férias e das horas de trabalho, a CLT está ameaçada pela lei da terceirização, que irá permitir que empresas terceirizem todas as suas atividades, até mesmo as principais, chamadas atividades-fim.

A terceirização já é a realidade de milhares de brasileiros que trabalham em atividades-meio para empresas, como a área da limpeza ou da segurança, e têm seus direitos negados através de contratos irregulares, muitas vezes nem sequer regidos pela CLT.

Para além desses ataques, os golpistas ainda querem o fim do direito à aposentadoria do povo! Na prática, a reforma da previdência vai fazer com que aposentar se torne impossível, com o aumento da idade mínima para 65 anos (para homens e mulheres), e tempo de contribuição de 25 anos. É só será possível receber a aposentadoria integral cumprindo ambos os requisitos! Dá pra imaginar um operário, um estivador, uma faxineira ou cozinheira trabalhando até os 65 anos? A realidade é que muitos irão morrer sem conseguir se aposentar!

Diante dessas questões, a luta hoje está em torno da construção de uma GREVE GERAL no país, com a adesão de todas as centrais sindicais, no dia 28 DE ABRIL. Muitos trabalhadores, de tantas diferentes categorias, paralisarão juntos contra essa ameaça ao futuro do povo brasileiro.

Só à classe trabalhadora pertence o poder de decidir sobre o seu próprio futuro, pois é só dela o poder de parar a produção, PARAR O PAÍS! O trabalhador brasileiro não aceita que seu país, seu trabalho, sua vida sejam destruídos pelos interesses de uma elite que nunca soube o que é trabalhar.

Greve Geral dia 28 de abril! À Vitória!

Anúncios