O GOLPE ESTÁ FECHANDO A UERJ

Emanuel Cancella, ex-presidente do Sindipetro-RJ, reflete sobre os impactos do golpe na política do estado do Rio de Janeiro.

Creio que mais nada sensibiliza a sociedade brasileira, estamos anestesiados. Os golpistas se aproveitam dessa letargia e acharcam o país. Os direitos consagrados na CLT, trabalhistas e previdenciários de 1943 sancionados pelo presidente Getúlio Vargas foi para o ralo.

A Petrobrás criada em 1953 pelo mesmo Getúlio está sendo entregue pelos golpistas, aí começamos a entender por que a elite brasileira aliada aos EUA queriam afastar Vargas do governo e agora Dilma.

A Uerj que foi criada em 1950, está fechando as portas (2): “Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) [1] é uma das maiores e mais prestigiadas universidades [1][6][7] do Brasil e da América Latina. Possui campi em 7 cidades do estado, sendo o maior deles localizado no bairro do Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro. Em seguida, temos a FFP (São Gonçalo) e a FEBF (Duque de Caxias). Os outros campi estão em Petrópolis, Ilha Grande, Nova Friburgo, Resende, Teresópolis, além de representações específicas nos bairros de Botafogo, Lapa, São Cristóvão, Rio Comprido, São Francisco Xavier e Vila Isabel (todos na capital)” (1).

A engenharia nacional acabou, a indústria Naval esta fechada tudo isso resultando em milhões de desempregados.E tudo isso em nome do combate a corrupção.

Os principais impulsionadores do movimento anti corrupção que levaram o povo as ruas e a bater panelas, foi a mídia, principalmente a Globo que apoiou todos os golpes no país, principalmente contra Getúlio e Dilma.

O juiz da Globo, Sergio Moro que prende sem provas os petistas e nem com sete delações na Lava Jato, o senador tucano, Aécio Neves.

Moro faz vista grossa nas reiteradas corrupção de FHC na Petrobrás, muitas delas envolvendo o próprio filho (8,9). E agora o tucano, Pedro lalau Parente que já é reu em venda de ativos, liquida a Petrobrás, vendendo tudo sem licitação, com aval da Lava Jato (4,5,6,7).

Na verdade o golpe começou com o Mensalão encabeçado pelo então presidente do STF, Joaquim Barbosa, quando O STF condenou a prisão vários parlamentares, sem provas, principalmente do PT. O mensalão do PSDB, anterior ao do PT, está prescrevendo sem julgamento.

E na lava Jato o mesmo enredo, prisão da gestão do PT na Petrobrás, e blindagem dos tucanos.

E se o ministro presidente do STF Joaquim Barbosa jogou pesado contra o mensalão petista, a atual presidente do STF, Carmem Lucia delibera que o golpista, Michel Temer pode fazer o troca troca de deputados para garantir sua sobrevida (3). E só Carmem Lucia não sabe que essa troca é movida a Mensalão.

O golpista Temer aumenta impostos, o preço da gasolina já subiu varias vezes, tudo para arrecadar dinheiro, cuja prioridade é arrecadar para a compra de parlamentares corruptos.

E o mais triste é que numa crise como essa os juízes e procuradores que já lutaram bravamente para ficar de fora dos crimes de responsabilidade, agora desfraldam as bandeiras: procuradores querem 16% de reajuste e os juízes querem 41%.

Um dos problemas é que temos no movimento, setores da esquerda que ainda dizem que não houve golpe no país. vamos para de bater cabeça e voltar a bater panelas!

Fonte:

1-https://pt.wikipedia.org/wiki/Universidade_do_Estado_do_Rio_de_Janeiro

2-http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/uerj-pode-fechar-as-portas-por-conta-de-crise-financeira.ghtml

3-http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2017-07/carmen-lucia-nega-pedido-para-suspender-troca-de-deputados-na-ccj

4-http://www.redebrasilatual.com.br/revistas/127/escandalo-da-petroquimica-de-suape-a-pasadena-de-temer

5-http://www.vermelho.org.br/noticia/285181-1

6-http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2016/09/petrobras-conclui-negociacao-para-venda-de-malha-de-gasodutos-nts.html

7-http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2016-09/petrobras-deixara-setores-de-biocombustiveis-petroquimica-e-fertilizantes

8-https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/09/delator-cita-filho-fhc-esquema-corrupcao-petrobras.html

9-https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/10/cervero-filho-fhc-sabia-termeletrica-contratado-petrobras.html

* Emanuel Cancella, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html

Anúncios