Presidente Gleisi convoca a militância para participar dos Atos contra o golpe de 64

O capitão miliciano, que chegou à presidência través do golpe contra Dilma e da fraude contra Lula, sob mando dos generais, autorizou os quarteis de todo o país comemorarem o golpe de 1964. Essa atitude se soma os elogios às Ditaduras de Pinochet [Chile] e Strossener [Paraguai].

A decisão foi tão absurda que a justiça do DF teve que intervir e “cancelar” a comemoração. Porém, desembargadora de plantão atendeu o pedido da Advocacia-Geral da União e manteve as comemorações do golpe, cinicamente afirmando que “afronta o estado democrático de direito”.

Os militares dão um claro recado ameaçador ao povo brasileiro: “Se não aceitarem nosso projeto de escravidão e neocolonialismo vamos censurar, torturar, matar e desaparecer com vocês”. Ninguém deve temer esses capachos do imperialismo. Eles já deram a prova de fragilidade e covardia quando se recusavam a cruzar a fronteira com a Venezuela, mesmo depois da massante propaganda e ameaça contra os venezuelanos.

O golpe militar completa 55 anos nos dias 31 de março e 1 de abril.  A ditadura militar torturou aproximadamente 20 mil pessoas, matou e ocultou corpos, endividou o Brasil, atrasou o desenvolvimento industrial do país e todos agentes de Estado e empresários foram anistiados de seus crimes.

Para lembrar os crimes de Estado do passado, mas também para evitar e denunciar os torturadores e assassinos do presente, a Presidente Gleisi Hoffmann convocou todos os militantes do Partido dos Trabalhadores à participarem das manifestações “Ditadura Nunca Mais”

Confira a agenda de atos na sua cidade:

30/03

São Paulo

6º Ato Unificado Ditadura Nunca Mais, 10h, Rua Tutóia, 921

1964-2019: a organização do opressor, 10h30, Estação Trianon MASP

Belém

Ditadura Nunca Mais, 16h, Mercado de São Braz

São Luís

Ato Democracia sempre, ditadura nunca mais, 16h, Memorial Maria Aragão

31/03

Brasília

Ditadura Nunca Mais – Pelas vítimas da violência do Estado, 9h, Eixão – Asa Norte 108

Fortaleza

Ditadura Nunca Mais, 10h, Praça do Ferreira

Belo Horizonte

1964 Nunca Mais, 12h, Praça da Liberdade

São Paulo

Ato contra a celebração do golpe de 64, 14h, MASP

Tatuí

Ditadura NUNCA MAIS! Tatuí, 15h, Praça da Matriz

Rio de Janeiro

Ditadura NÃO!, 15h, Cinelândia

Bloco LGBT no ato Ditadura Nunca Mais, 15h, Cinelândia

Porto Alegre

Ditadura Nunca Mais – Marcha Antifascista, 15h, Redenção – Parque Farroupilha

Campos

Ditadura Nunca Mais, 15h, Jardim São Benedito

Natal

Golpe não se comemora., 17h, Midway Mall

Balneário Camboriú

Ditadura Nunca Mais, 17h, Praça Higino Pio

01/04

Porto Alegre

Ditadura Nunca Mais, 17h30, Esquina Democrática

Santos

Ditadura, Nunca Mais!, 17h30, UNIFESP – Baixada Santista

Guarulhos

Ditadura, Nunca Mais!, 18h30, EFLCH – UNIFESP

Rio de Janeiro

Descomemoração do Golpe de 1964, 18h30, Casa Porto

Florianópolis

Cine-debate Ditadura Nunca Mais! 1º a 5 de abril, 19h, Sede Psol Santa Catarina

Internacional

31/03

Berlim

Manifestação no Portal de Brandemburgo contra a comemoração do golpe militar de 1964, 15h, Portal de Brandenburgo

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s