CHINA DIZ QUE É FALSA A INFORMAÇÃO DO ENVIO DE TROPAS À VENEZUELA

Tem sido sucessiva a histeria da imprensa sobre o suposto envio de tropas russas, chinesas e cubanas para Venezuela. Essa manobra de desinformação serve para a máquina de guerra e continuará sendo abordada pelo império.

A China negou as informações sobre a suposta presença de seus militares na Venezuela para assessorar o presidente Nicolás Maduro, ao reiterar a posição de não ingerência nos assuntos internos de qualquer país.

Geng Shuang, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, disse na quarta-feira, 3 de abril, que são falsas notícias de envio de tropas e que seu governo está promovendo a busca de uma solução pacífica e dialógica para a situação no Estado sul-americano.

“A posição da China na Venezuela sempre foi clara, apoiamos fortemente as leis e regras básicas dos laços internacionais e nos opomos à interferência estrangeira nos assuntos internos de outras nações”, disse ele.

Desde o surgimento das tensões na Venezuela em meados de janeiro, Pequim defendeu laços bilaterais e expressou seu firme apoio aos esforços de Maduro para salvaguardar a soberania nacional, a independência e a estabilidade de seu território, mas sem qualquer interferência.

Países da Rússia, Síria, Nicarágua, Bolívia, Cuba e Caribe, entre outros, repetidamente alertam sobre a ameaça de agressão militar e insistem em defender os princípios da Carta das Nações Unidas.

(Com informações da Prensa Latina)

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s