AMEAÇA DE GOLPE MILITAR CONTRA O URUGUAI

No dia 02 de abril, o Presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, destituiu o Alto Comando Militar por estar relacionado com um caso de assassinato durante a ditadura {1973 – 1985]. Foram demitidos o Comandante-em-Chefe do Exército, General José González, do Chefe do Estado-Maior General da Defesa, General Alfredo Erramún e o pedido de retirada dos generais Cláudio Romano, Carlos Sequeira, Alejandro Salaberry e Gustavo Fajardo; todos eles membros dos Tribunais Militares de Honra que julgaram a conduta de José Nino Gavazzo, Jorge Silveira e Luis Maurente, julgados por crimes contra a humanidade.

Recentemente o Comandante-Chefe do Exército, general Guido Manini Rios, havia sido exonerado do posto por criticar o governo contra a Reforma dos Militares, fez elogios à Ditadura e emitiu outras posições políticas. O general Manini defendeu torturadores, assassinos, estupradores confessos da Ditadura, atacou o Poder Judiciário e aqueles que lutam em defesa da democracia, verdade e justiça. Segundo a Constituição Uruguaia, militares devem se abster de emitir opiniões políticas.

O General Manini compareceu à posse do novo comandante do Exército brasileiro, general Edson Leal Pujol, e foi fotografado com o presidente eleito pela fraude, Jair Bolsonaro. Há uma forte articulação entre os militares golpistas do Brasil e do Uruguai baseada em diversas reuniões, cursos, declarações e acordos públicos entre ambas as Forças.

A crise política com os militares uruguaios se arrasta desde 2017. Naquele ano, foi criado um movimento de extrema-direita, dirigido pelo general aposentado Hebert Fígoli, sob o nome de Movimento “Unidos Podemos”. Ao ser demitido do cargo Manini não descartou a possibilidade de ser candidatar à presidência da república, que ocorrerá em 27 de outubro de 19. O Partido Cabildo Abierto (PCA) oficialmente ofereceu na quarta-feira [3 de abril] ao general aposentado a legenda. O líder desse partido, Guillermo Domenech e Hebert Fígoli [MUP] já acordaram em formar aliança.

No fim de janeiro, a imprensa uruguaia anunciou que um grupo ligado ao general pretendia criar um partido político de direita fascista, e a Corte Eleitoral informou sobre a inscrição de uma nova agremiação chamada Movimento Social Artiguista [em referência ao herói da independência, José Gervasio]. Hoje, Manini é conhecido como “Bolsonaro uruguaio”.

Claro que isso não ocorre porque esse general seja “fã” ou por uma coincidência Obviamente, na impossibilidade de implantar ditaduras diretas das Forças Armadas, os Estados Unidos estão apelando para governos comandados por militares aposentados.

Nos brasileiros devemos ficar atentos para o que ocorre no Uruguai. Pois o imperialismo está fazendo um ensaio geral para testar se é possível aplicar um golpe de Estado militar no Brasil.

No momento, a direita fascista e o Imperialismo estão tentando viabilizar uma eleição fraudada de militar aposentado no Uruguai, através de um golpe eleitoral e midiático. Uruguai é vitima de um golpe não só para sabotar a integração latino-americana, mas para destruir a indústria Uruguaia que provê a Rússia e a China de produtos básicos.

O Uruguai é um dos 5 países do mundo que tem o controle sobre o desenvolvimento agroindustrial, cientifico e tecnológico em matéria de laticínios [todos produtos derivados do Leite]. Os outros 4 países que integram essa rede são: Austrália, Nova Zelandia, Bielorrússia e Argentina. O Uruguai foi trabalhando silenciosamente para desenvolver tecnologias próprias afim de ser livre das tecnologias e patentes dos Estados Unidos. Assim, garantiu não ser sancionado e poder desenvolver a cooperação com outros países.

O Uruguai junto com o México, do Presidente de Lopez Obrador que também já enfrenta uma conspiração golpista, é um dos países que impulsiona a mesa de diálogo para a paz na Venezuela. Atitude que é condenada pelo Imperialismo norte-americano.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s