Entre Tabatas e Damares, esquerda sem programa é pautada pelos golpistas.

Sem uma perspectiva de mudança social profunda, boa parte da esquerda cai nas armadilhas da direita golpista, que hoje ocupa o principal cargo do Executivo, controla o Judiciário e tem longos tentáculos dentro do Legislativo.

Parte da estratégia das Guerras de Quarta Geração (do inglês Fourth Generation War, ou 4GW) é dispersar os inimigos com notícias falsas e sensacionalismo barato. Por isso o papel de Olavo de Carvalho, Damares e outros “loucos” é fundamental dentro da lógica golpista. Apesar da tentativa de sustentar uma aparência combativa e democrática, a esquerda é pautada pelas polêmicas inventadas pela mídia corporativa e pelos próprios ministros do golpe, que ditam os rumos da política da “oposição responsável”. Em muitos casos, essa esquerda (liberal) está de acordo com as proposições do governo, mas tenta dar uma aparência “humanitária”, sem mexer no conteúdo que está sacrificando a vida do povo.

Podemos citar o emblemático caso do gorila Mourão, um general racista e entreguista de fazer inveja aos generais da ditadura de 64, vendido como “sensato” pela mídia e que teve essa mentira comprada por vários setores de esquerda. Um outro exemplo, mais recente e com maior repercussão, é o da deputada federal Tabata Amaral (PDT), que viralizou nas redes sociais e ganhou espaço na grande mídia, supostamente ao confrontar um dos representantes da política neoliberal, o ex-ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez.

Qualquer análise sincera da fala da deputada revela que não há nada de substancial ou relevante, nem que exista uma oposição entre os envolvidos. A deputada questiona apenas “onde está o projeto?”.

Vale lembrar que Tabata Amaral, junto ao deputado Mauro Benevides (o defensor da privatização de 77 estatais quando foi assessor econômico e braço direito da campanha presidencial de Ciro Gomes em 2018), está encabeçando um movimento que visa furar o acordo tático entre 6 partidos de voto contrário a “reforma” da Previdência. O partido dos deputados é o PDT, que apesar das suas políticas direitistas, segue utilizando e sujando o nome e a memória de duas figuras históricas de extrema importância para o povo brasileiro: Brizola e Prestes, membros de honra do partido.

Este partido, após a intervenção dos citados, decidiu enviar outra proposta para a Previdência. Segundo a deputada, “para muitos é mais fácil votar contra, mas neste momento temos que ter coragem para lidar com a reforma da Previdência”, defendendo que esse brutal ataque aos trabalhadores seja mantido.

Um dos principais padrinhos Tabata dentro de sua formação e da carreira política é Jorge Paulo Lemann. Lemann, segundo a Forbes, é a segunda pessoa mais rica do Brasil, com uma fortuna calculada em torno de 23 bilhões de dólares. O bilionário está patrocinando “jovens líderes”, principalmente dentro da política, para uma “renovação”, que mantém a velha estrutura de exploração do trabalhador. Assim fica muito claro o porquê de tamanha repercussão “espontânea”, dando espaço até para a estreia de uma coluna da deputada na Folha de São Paulo.

Esse é um dos casos que demonstram os sintomas de uma esquerda sem programa político, que aparecem a cada semana necessitando de um novo ícone para ser adorado ou uma fala da direita a ser ridicularizada, sem a análise crítica do que realmente deve ser feito para barrar o avanço do ataque sobre o povo.

O movimento pela liberdade do ex-presidente Lula é pauta central da luta contra todo processo de golpe sobre os trabalhadores, não só no Brasil, mas em toda a América Latina. A liberdade do presidente coloca em cheque todas as bases do golpe, que destrói sistematicamente a soberania nacional, a Constituição e o futuro do trabalhador.

Felizmente os grupos sociais conscientes junto ao Partido dos Trabalhadores encaram o golpe ao lado do povo, compreendendo que não daremos nenhum passo rumo a um Brasil soberano sem Lula Livre.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s