Falsa “disputa” entre militares esconde destruição da soberania

Desde a visita de Bolsonaro aos Estados Unidos, em 17 de março, a mídia golpista tem dado evidência as supostas “brigas” entre as diversas frações que compõem o governo, em especial entre os militares e a chamada “ala ideológica”. Essa divisão é falsa e não passa de encenação. De lá para cá, tem sido insistente as operações de desinformação, roubo de narrativa e de confusão implantada pelos militares. Obviamente, essa estratégia tem relação com a visita de general Heleno, Bolsonaro, Guedes e Moro à CIA.

Devemos considerar o projeto do golpe como ponto de união entre setores da classe dominante, o imperialismo e os militares. Apesar do golpe ter destruído setores empresariais nacionais e oligárquicos, isto não tem relação com a suporta “briga” entre as facções da Ditadura. Essa ditadura militar representa a configuração do novo Regime de Estado, militarista, pro-imperialista e fascista. Por esse motivo, seja a chamada “ala ideológica” ou os militares, todos eles concordam com o projeto de destruição da soberania nacional e escravidão do nosso povo.

Heleno e Mourão confessaram que Bolsonaro é o “homem de massas” dos militares. Em outras palavras, o único que ainda possui um pouco de capital político [mesmo pequeno] para dar uma falsa aparência de legitimidade ao golpe de Estado. Em síntese, Bolsonaro é apenas um holograma e “testa de ferro” para esconder a Ditadura Militar. Portanto, criar uma cisão entre Bolsonaro e os militares é totalmente falso. Por outro lado, a dita “ala ideológica” é ligada aos militares e ao Departamento de Estado dos Estados Unidos. A função dessa ala é estimular a base social fascista, confundir e conduzir operações de contra-informação.

Com os militares se desgastando, o que estamos vendo é mais uma operação de contra-informação para tentar preservar a Ditadura militar. Criam uma falsa divisão entre a “ala ideológica” e militares para preservar os militares.

A origem do desgaste dos militares se deve ao fato de que está ficando cada vez mais claro para o povo brasileiro que as Forças Armadas são os principais inimigos do Brasil, pois os militares são a coluna vertebral do golpe de Estado Imperialista contra a soberania brasileira. Aqueles que em tese deveriam defender a soberania nacional são os primeiros a trair a pátria e entregar ao imperialismo o patrimônio e as riquezas nacionais [Pré-Sal, Embraer, Amazônia, Alcântara etc].

As operações de “revisionismo histórico” conduzidas pelos militares também vem fracassado, tais como: tentar associar absurdamente o “Nazismo como movimento de esquerda”, comemorar a Ditadura militar que afundou o Brasil e outras. Apesar dos militares conseguirem ganhar tempo implantando esse tipo de discussão, eles saem prejudicados porque não podem controlar a memória histórica do povo, despertam o interesse dentro e fora do Brasil para os temas políticos e atraem atenção para suas ações.

Na realidade, é o Gabinete de Segurança Institucional [GSI], primeiro com o General Sérgio Etchegoyen e depois com o general Augusto Heleno, que de fato governa o país. São explícitas as relações dos militares e do golpista Bolsonaro com as milícias. O desgaste da Lava-Jato também é enorme. O fundo criminoso de R$ 2 bilhões da Petrobrás e mais R$ 8,5 bilhões da Odebrecht desmontou a farsa dos falsos moralistas lavajateiros.

O eixo dessa operação de desinformação é tirar da esquerda a pauta da critica ao Exército e pautar a narrativa com relação aos militares. As “criticas” artificiais contra Mourão e os outros generais devem ser encaradas como parte dessa estratégia de desinformação, que busca em última instância preservar os generais.

Todos aqueles que acreditam que há uma “disputa” entre os militares e os outros fascistas devem ser esclarecidos. Aqueles que insistirem nessa política devem ser tratados como desinformantes, pois a manobra é absolutamente clara.

Nesse momento de golpe de Estado, a confusão política está sendo mais útil para neutralizar a força popular que a própria força bruta da Ditadura Militar.

Abaixo a Ditadura Militar!

Em defesa da soberania!

Abaixo os fascistas e militares fascistas vende pátria!

Liberdade para Lula e Constituinte popular e soberana!

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s