Em nome do companheiro Lula e de todos os perseguidos do golpe: GREVE GERAL!

Hoje (14) é dia de greve geral! Apesar dos esforços da mídia corporativa e de burocratas dos sindicatos patronais em desmobilizar os trabalhadores, o Brasil amanheceu parado. Centenas de ruas, avenidas e estradas estão fechadas pelo movimento social. A mídia mente, nós mostramos a verdade. Está lançada a guerra da informação.

Mesmo no Rio de Janeiro, onde a situação é mais delicada em função dos grupos paramilitares que recebem apoio de todas as esferas públicas, a Greve Geral conseguiu andar. No bairro de Jacarepaguá, rodoviários foram coagidos por indivíduos armados que tentaram impedir a adesão à greve, mas ainda assim conseguiu com que a frota das viações Redentor e Futuro operassem abaixo de 25%.

O VORJ se coloca ao lado dos trabalhadores que lutam pelo direito à aposentadoria, pela revogação da reforma trabalhista e da Emenda Constitucional nº 95, e contra a privatização do nosso país. Vamos à luta contra a guerra imperialista, pelo fim das perseguições políticas da operação golpista de destruição nacional, a “Lava Jato, e pela liberdade imediata do nosso presidente Lula.

Confira algumas das mobilizações em curso no Rio de Janeiro até as 11:40 da manhã desta sexta 14 de junho:

CTC/CTE Benfica parado, contra a privatização dos correios!

Trabalhadores da Fiocruz cruzam os braços:

Linha Vermelha fechada por estudantes:

Petroleiros de Caxias cessam suas atividades de ontem sem troca de turno das 23h:

Bancos fechados pelos trabalhadores bancários:

BR-101 fechada por militantes do movimento social no Campo dos Goytacazes

Trabalhadores do COMPERJ(Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), uma das categorias diretamente afetadas pela Lava Jato, fecharam as principais vias de acesso ao complexo:

Comitê Lula Livre de Niteroi realiza ato no município flumense junto a setores da educação em greve:

Trabalhadores do sanemanto de Niteroi-RJ também aderiram:

Petroleiros de Macaé-RJ estão paralisados:

Trabalhadores da Eletrobrás realizam ato em frente à sede da empresa, ameaçada de privatização:

Operários da usina termelétrica de Santa Cruz cruzam os braços e realizam ato contra a reforma da previdência:

Operários da Fábrica de Lubrificantes BR em São Cristóvão também cruzam os braços:

Trabalhadores da saúde aderem à paralização, mantendo funcionamento somente em áreas essenciais à população:

Trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação:

Operários da CSN cruzam os braços:

Trabalhadores fecham rodoviária no polo industrial de Volta Redonda/RJ:

Operários do Porto do Rio cruzam os braços e fecham via no centro do Rio:

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s