Direito da Bolívia: relato sobre a situação boliviana

Divulgamos abaixo o relato enviado pelos companheiros do Movimento ao Socialismo ( MAS), partido do Presidente reeleito democraticamente Evo Morales, onde esclarecem a situação política que vive o país. Não revelarmos as identidades dos nossos correspondentes para evitar represálias da direita golpista.

Bom dia, companheiros!

Vou fazer o resumo da situação boliviana, porque ela é verdadeiramente confusa.

O que aconteceu? No domingo, dia 20, houve uma contagem rápida, que é tradicional na Bolívia, chamado TREP, que são tendências baseadas na transmissão de resultados das mesas de votação. Nessa análise que é feita não são computadas todas as mesas, mas por uma metodologia estatística, normalmente o resultado é bastante parecido com a contagem total. Ai que surgiu o problema que está sendo neste momento vivido na Bolívia.

Por um desatino, houve a paralisação dessa contagem por volta dos 83%. Foi uma medida do Tribunal Eleitoral, que não se sabe a razão até o presente momento. Então, quando se parou a contagem em 83%, havia uma tendência de segundo turno, porque na Bolívia quem vence no primeiro turno quem tem 50% mais um ou quem faz mais de 40% e tem 10% acima do segundo colocado.

Com esse resultado aos 83% sinalizava-se um segundo turno. Entretanto, no dia seguinte (21), quando ordenaram a conclusão dessa contagem, ai deu-se o resultado que o Evo ganharia no primeiro turno. Foi nesse momento que muita gente começou a publicar nas redes sociais a vitória de Evo.

Acontece que, o resultado que vale não é esse. O resultado que vale é a contagem total, que até este momento, perto de 9h da manhã de quarta-feira (23), não concluiu. Ele está por volta ainda de 96% e a diferença entre Evo Morales e o Segundo colocado, o Carlos De Mesa, é aproximadamente 9,48%, se não me engano.

Existe ainda um percentual para ser computado, mas o Evo está apostando que como são votos indígenas e votos rurais, ele vai fazer esses 10%. Entretanto, ontem (22), já houve convocatória da direita, do segundo colocado, para não reconhecer esse resultado e que teria havido fraude. Houve também uma intervenção dos enviados da OEA achando “estranho” a mudança da tendência dessa análise rápida.

Enfim, tudo isso possibilitou a organização da direita, localizada principalmente em 4 centros urbanos: Santa Cruz, Beni, Chuquisaca e Tarija, que são historicamente departamentos, ou seja estados, racista e regionalistas etc. Muita gente foram às ruas, destruíram organismos eleitorais locais, queimaram votos, papeis de votação e enfim. Então o caos instaurado.

Até então, Evo Morales estava silencioso, mas nesse momento, nesse vídeo que acabo de passar para vocês, ele já coloca sua posição, que é uma posição um tanto temerária, somente pelo detalhe que é importante, mas que é uma questão de um cálculo político dele, que ele vai ganhar. Embora esse resultado, com diferença de 10% ainda não seja confiável e definitivo, porque a contagem não acabou.

Então o caos está instaurado e agora vai depender da mobilização do povo boliviano que apoiou Evo Morales, principalmente setores indígenas, operários, trabalhadores, classes médias comprometidas com o processo de mudanças e setores também importantes das Forças Armadas e da Policia, que até então sempre estiveram ao lado do Movimento ao Socialismo.

Observação do Editorial: Hoje, 25 de outubro, com 99,99% das urnas apuradas agora de manhã, os resultados das eleições na Bolívia dão a vitória a Evo Morales. O atual presidente contabiliza 47,07% dos votos e Carlos Mesa, seu principal opositor, 36,51%. A diferença entre os candidatos é de 10,56%. Dessa forma, contabilizando os 10% de votos necessários para vencer no primeiro turno.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s