Carta dos militantes para a presidenta Gleisi Hoffmann – Volta PT: Derrotar o golpe e construir um governo de emergência

Querida Presidenta Gleisi,

Enviamos a moção que o Núcleo Ninguém Fica Para Trás elaborou, para que tome conhecimento e contribua na reunião do Diretório Nacional do PT.

Nosso Núcleo recém formado participou como pôde do último Congresso do Partido dos Trabalhadores e aprovou duas resoluções. A primeira, em defesa de uma ampla nucleação da base social do PT; e a segunda, pela organização de comissões partidárias que mapeiem e combatam as perseguições políticas aos militantes de base e às lideranças.

Moção ao Diretório Nacional do PT

Num momento em que o Diretório Nacional está prestes a se lançar na campanha pela saída de Bolsonaro, queríamos lhes dirigir algumas questões para que o DN se posicione, abrindo uma saída para o povo que está com a vida ameaçada pelas políticas governamentais.

Diante da pandemia, o que se sabe pelas modelagens de contaminação elaboradas pelo Ministério da Saúde permite indicar que o ponto alto da contaminação será em torno de 20 de abril. Em várias cidades as pessoas mais pobres estão trabalhando e se deslocando amontoadas em transportes públicos, aumentando os riscos de serem infectados. Desde já medidas urgentes devem ser tomadas para que se paralisem os setores não essenciais.

Os trabalhadores essenciais, em particular trabalhadores e trabalhadoras de saúde, por sua vez, não possuem equipamentos de proteção suficientes, e sequer existe uma estimativa de qual o déficit de máscaras para proteger quem é indiscutivelmente essencial.

A falta de dinheiro e alimento funciona como chantagem ao povo para que não paralise o trabalho de atividades não essenciais. Se esta situação não for revertida imediatamente, com o avanço da contaminação a situação do povo tende à calamidade pública. Um exemplo desastroso é o que já está acontecendo no Equador, com corpos espalhados pelas ruas. Se medidas não forem tomadas, o mesmo pode acontecer aqui. Com o agravante da situação econômica do povo, que conta com mais de 41% dos trabalhadores na informalidade, podemos nos deparar com uma situação caótica em que saques e hordas de famintos sejam corriqueiros.

Diante disso, perguntamo-nos como o interventor Braga Netto, com poderes sobre o território do Planalto, vai enfrentar esta situação? Com tanques? Com o direito de fechar o que funciona no Planalto? Como militares submissos ao governo estadunidense podem oferecer alguma resistência à maquina de guerra, que se aproveita da crise para mandar navios para caçar Maduro, que tem sua cabeça a prêmio, ofertado pelo Departamento de Estado dos EUA, de 15 milhões de dólares? Como tirar o capitão e deixar os generais de novo no comando do país? Nós dizemos que nenhum poder militar é legítimo. De forma que o conteúdo de pedir o fim deste governo só pode ser o conteúdo de tirar Braga Netto e todos os generais e capitães do governo.

Mas basta dizer o que se deve tirar do governo? Infelizmente, não.

É necessário todo um conjunto de medidas governamentais que sigam as recomendações da OMS e compensem o povo pelo isolamento, garantindo suas condições econômicas de ficar em casa com saúde. Um governo responsável com as vidas também deve aplicar o conjunto de propostas apresentadas pelos movimentos e frentes para enfrentar a crise; e são muitas as necessidades que devem ser atendidas.

Perguntemo-nos honestamente: quem chegou ao governo através de um golpe no mandato que o Partido dos Trabalhadores recebeu do povo, aprofundado pela prisão de Lula, pode neste momento de crise salvar as vidas das pessoas mais pobres deste país? Não são os maiores riscos que sofremos hoje resultado do conjunto de medidas golpistas que estão destruindo a ciência, a saúde e os serviços públicos essenciais?

Os governos saídos do golpe já deixaram claro que seu compromisso é com os bancos e banqueiros, e para eles desviam as verbas que deveriam ir para salvar a vida do povo. Um trilhão que foi para o sistema financeiro seria suficiente para amenizar muito sofrimento e salvar muitas vidas, mas o Golpe não pode fazer outra coisa senão tirar dinheiro do povo para dar aos parasitas do sistema financeiro.

Foi para isso que deram o Golpe! E isto está concentrado no rito que destituiu Dilma, condenada como irresponsável por fazer os pagamentos dos programas sociais em primeiro lugar. A responsabilidade do Golpe é com o mercado e seus ritos, não com a vida do povo.

Num quadro como este, muitos esperam que existam alternativas dentro da cúpula golpista, que possam seguir as recomendações urgentes da OMS. Mas desejo não é realidade. Mesmo que algumas recomendações sejam seguidas, nenhum governo saído do Golpe vai colocar as vidas, o alimento, a ciência, a produção de equipamentos essenciais em primeiro lugar. O Golpe parasita só pode ser um terreno fértil para o vírus parasita conseguir levar mais vidas do povo brasileiro.

Se a responsabilidade sobre a tragédia que já começa a levar embora rostos conhecidos não é do Partido dos Trabalhadores, golpeado em seu direito de governar o Brasil, qual a responsabilidade do PT para uma solução dessa crise?

Do ponto de vista do nosso núcleo e de outras tantos núcleos recém formados e em formação podemos afirmar: na base, os petistas estão em todas as atividades de solidariedade e defesa da vida e da comida em suas comunidades. A militância petista não se furtou à responsabilidade de atender as necessidades mais imediatas da população através da solidariedade. Mas isto não é suficiente.

Nosso núcleo se dirige a você, Companheira Gleisi, aos demais dirigentes partidários e também às nossas lideranças Lula e Dilma, dizendo que todos e todas nós esperamos que vocês digam que o PT está pronto para assumir o lugar de onde não deveria ter saído e encabeçar um governo que coloque a vida do povo em primeiro lugar, junto com as forças democráticas que apoiam a aplicação das medidas que podem salvar vidas. Quaisquer que sejam as discussões que se façam neste diretório, de nossa parte e da base militante que está no front arriscando suas vidas para salvar mais gente, dirigimo-nos a vocês para que aprovem o conteúdo desta Moção do Núcleo Ninguém Fica Para Trás, dizendo que o Partido dos Trabalhadores não fugirá a luta.

Diante da crise causada pelo Golpe, o Partido dos Trabalhadores não pode hesitar em defender o seu direito de existir e governar. Nossas lideranças devem assumir sua responsabilidade e dizer claramente ao povo que o PT está pronto para encabeçar um governo de emergência que aplique as recomendações da OMS e uma plataforma de medidas emergenciais que tire a conta da crise atual das costas do povo.

Um comentário

  1. “Não há alternativa para a humanidade fora do #Socialismo. Não há.” @LulaOficial, In, Socialismo em Debate, Instituto Cajamar, 1988, SP.
    “É o #Estado, Estupido!”
    O #Neoliberalismo e seus gerentes ao redor do mundo não estão preocupados com seu bem-estar e não investirão um centavo sequer de seus patrimônios. Quem está investindo é o #Estado, inclusive no Brasil. A #Solidariedade é o contrário do #Egoismo. Modo @ptbrasil de Governar e Legislar!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s