Carta da base para criação de caixa de ajuda mútua do Partido dos trabalhadores

Caros companheiros da Direção Estadual e Municipal do Partido dos Trabalhadores do estado e município do Rio de Janeiro.                                                                                                                  

O  núcleo de base Ninguém Fica para Trás foi fundado há dois anos, com base em um manifesto que dizia 

  • Em todos os lugares se repetem as injustiças e arbitrariedades contra nós, militantes, e muitas vezes sem reação à altura daqueles de quem esperávamos solidariedade, o que contribui para que se multipliquem os casos de tribunais de exceção, formais e informais, que se sentem no direito de impedirem que militantes prossigam com sua luta. 

Entre abril de 2018, data da publicação deste manifesto, e julho de 2020, a situação piorou muito. Além dos tribunais de exceção que a militância precisa enfrentar, um vírus mortal fez com que as organizações dos trabalhadores fossem obrigadas a aceitar um verdadeiro estado de exceção, onde o direito de manifestação e de reunião presencial está cassado. Neste  momento, milhares de petistas não podem mais executar sua atividade militante e, pior, veem sua vida ameaçada pelo coronavírus. Muitos estão impedidos de trabalhar para ganhar o pão de cada dia. Informações chegam, inclusive, de morte de diversos companheiros desamparados. 

Companheiros, a expressão Ninguém Fica para Trás é mais que um simples slogan para nós, assim como para muitos outros núcleos de base que organizam ações de solidariedade aos militantes desamparados.  Contudo, a ação desses núcleos é limitada e incapaz de socorrer a todos. 

Neste sentido, vimos pedir socorro e, em nome desses companheiros, pedir que a direção do Partido dos Trabalhadores organize uma caixa de ajuda aos militantes desamparados, atingidos pelo COVID-19 e/ou pelo desemprego. 

A tradição secular do movimento operário nos ensina que foram essas caixas de solidariedade que estiveram na origem do movimento operário mundial. Neste momento, quando o mercado mundial capitalista colapsa frente a uma ameaça de saúde publica intimamente ligada à hipertrofia do setor especulativo que observamos nos últimos 50 anos, entendemos que é fundamental que nossas organizações retomem sua melhor tradição de solidariedade entre os oprimidos. 

Confiamos, portanto, em contar com a compreensão e participação ativa dessa instância de direção de nosso Partido.

Saudações Petistas.

Rio de Janeiro, 14 de Julho de 2020.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s