Privataria Tocantinense: um programa antinacional e antipovo – Coluna

Por Gabriel Araújo

O bolsonarista e golpista que governa o Estado do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), resolveu mais uma vez atacar a classe trabalhadora tocantinense e mostrar o quão alinhado está com a dupla Bolsonaro-Guedes.

Alguns elementos da esquerda pequeno burguesa que se iludiram com a assinatura desse pilantra na carta dos governadores pela democracia, que foi lançada em abril pelo Fórum de Governadores (Fórum da Demagogia), agora não possuem mais argumentos para defender a tese de que esse burguês e defensor dos latifundiários, é um democrata.

Essa ala dos golpistas cheirosos, está tentando se desvencilhar da baixa popularidade do governo Bolsonaro, pois se juntar as duas alas dos golpistas, a popularidade tende a beirar a negatividade. 

Mas é preciso lembrar e sempre reforçar de forma constante essa lembrança! Foram eles, os eternos traidores da pátria, que colocaram Temer e que elegeram por meio da fraude eleitoral, Jair Bolsonaro. E agora eles tentam atrair o setor mais atrasado da esquerda para se pintarem de bons moços, além de dar ares de legitimo e popular o programa neoliberal de destruição do patrimônio nacional.

Mesmo com todo o caos provocado pela política econômica do governo federal e pela pandemia do coronavírus, Carlesse (o fantoche do ditador Siqueira Campos-DEM) aderiu as orientações do Ministro do Meio-Ambiente, Ricardo Sales, para aproveitar a pandemia para passar a boiada. Nesse sentido, nesse ano de 2020 o governo do Estado deu início ao aprofundamento da chamada Privataria Tocantinense.

Carlesse por meio da MP-09 quer privatizar 640km de estradas estaduais, o que certamente vai acarretar em um aumento de diversos produtos, no impedimento da locomoção dos trabalhadores devido aos altos custos, além dos péssimos serviços que são prestados por essas empresas privadas.

Por meio do PL 04/2020, fica autorizada a venda de ativos que o governo ainda possui junto a Energisa-Tocantins. A privatização da distribuição e geração de energia no Tocantins tem levado a população a pagar uma tarifa caríssima. Esse processo também se mostrou fracassado, quando a Celtins foi a falência por conta da má gestão dos acionistas majoritários que possuíam a detenção de 51% das ações. O Estado do Tocantins, que possuía apenas 49%, só podia ficar assistindo toda essa devastação. A privatização da Celtins foi objeto inclusive de uma CPI no parlamento tocantinense que teve como relator o atual presidente estadual do partido e Deputado Estadual, José Roberto Forzani. O relatório em época destacava a necessidade de rever a privatização e do Estado ter de volta o poder de decisão dentro da empresa.

Outra empresa que também tem sido motivo de pesadelos para os tocantinenses é a BRK Ambiental, que é um monopólio canadense que fez aquisição da antiga Saneatins (que pertencia ao grupo Odebrecht). A BRK é responsável pelo abastecimento e saneamento de grande parte dos municípios tocantinenses. Vem prestando um serviço caríssimo, de péssima qualidade, com problemas ainda maiores do que a Saneatins. Inúmeras famílias de trabalhadores tem denunciado que não tem conseguido fazer o acesso a tarifa de baixa renda.

Para se ter noção do verdadeiro esgoto dos serviços prestados pela BRK Ambiental e Energisa, ambas são as campeãs de reclamações no PROCON. 

Atualmente o governo Carlesse tem o intuito de finalizar o processo de privatização do saneamento no Tocantins com a venda da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS). Tanto o péssimo serviço da BRK, quanto o processo de privatização da ATS vem sendo denunciados pelo Deputado Federal Célio Moura (PT-TO), que vem articulando com os sindicalistas do estado e os movimentos populares mecanismos de defender os interesses do povo trabalhador no Tocantins. Esse luta também é uma luta pela soberania nacional, visto que grande parte do controle do abastecimento de água e saneamento no Tocantins, se encontra nas mãos do capital estrangeiro canadense, que está pouco se importando com a qualidade de vida do povo, apenas pensando em levar seus lucros para fora do país.

O governador bolsonarista também tem o objetivo de privatizar diversos terminais rodoviários, que são o principal meio de transporte estadual e interestadual utilizado pelos trabalhadores tocantinenses. Essa medida certamente acarretará em tarifas mais elevadas do que as que já existem. Há a intensão de entregar ao setor privado o Parque Ecológico do Jalapão. Todo esse pacote de atrocidades e antinacional, é denunciado pela Executiva Estadual do PT.

Dentre todas essas medidas antipovo, uma das principais é a Reforma da Previdência Estadual que foi anunciada pelo Palácio do Araguaia. O objetivo é uma aprovação de um projeto que seja semelhante ao que foi aprovado pelo Bolsonaro e os golpistas cheirosos, amigos de Carlesse, como Paulo Guedes, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Carlesse também é responsável por sucessivos cortes de investimentos na educação do Estado, que está completamente abandonada.

Observando todas essas medidas, os trabalhadores tocantinenses, do campo e da cidade, devem se unificar contra todas as medidas antinacionais tocadas pelo governo golpista e fascista de Mauro Carlesse, e para além disso, é preciso tirar esse pilantra do Palácio do Araguaia. Esse processo só pode se efetivar se for iniciado por um amplo trabalho de mobilização que deve ser realizado pela vanguarda dos trabalhadores tocantinenses, que se encontra majoritariamente no Partido dos Trabalhadores, nos demais partidos de esquerda e nas organizações populares.

Obs.: As colunas não representam necessariamente os posicionamentos políticos do Editorial do Jornal Voz Operária. O Jornal está aberto as manifestações sinceras dos revolucionários no Brasil. Entre em contato para abrir uma coluna.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s