ATENÇÃO TRABALHADORES: É hora de vingar os 240 mil compatriotas assassinados pelos golpistas! – COLUNA

Por Gabriel Araújo

Desde março de 2020 o genocídio contra o povo brasileiro, promovido pela conivência dos golpistas que cruzaram os braços diante da pandemia, já estava sendo anunciado e cientificamente comprovada por pesquisadores renomados nos institutos de pesquisas da própria burguesia.

Já haviam sido publicadas diversas pesquisas que previam que no Brasil chegaríamos a mais de 500 mil mortos pela pandemia. Este número de 240 mil mortos é bem maior, porque no Brasil todos esses dados oficiais são fraudados para mascarar a realidade aberrante em que nos encontramos, manipular a opinião pública e os rumos do país. 

Chefes dos poderes executivos de todas as esferas da federação, assim como Parlamentares, Magistrados, Militares e os Patrões, sabiam o que estava por vir e nada fizeram para evitar a tragédia anunciada. Não existiu isolamento social e tampouco testagem em massa. A vacinação está indo em passos de tartaruga. O vírus já vem sofrendo mutações e esses miseráveis não fazem absolutamente nada para acabar com essa situação.   

A atividade preventiva que existe neste país são apenas aquelas ações policialescas para oprimir nosso povo, sua organização, suas lideranças e as possíveis ações desse povo, que vislumbrem o objetivo estratégico de ter uma pátria livre, soberana e com um povo protagonista de tudo isso. Foi assim com Zumbi, Tiradentes, Antônio Conselheiro e tantos outros. E assim também tem sido contra Dilma e Lula.

É incompreensível que um país com as potencialidades econômicas, geográficas e tecnológicas como o Brasil, não tenha dado conta de conter toda a desgraça de desaba sobre nossas cabeças. Também é incompreensível a passividade de nossa própria militância de esquerda ante o saque e o genocídio contra o povo de nosso país. 

Nosso povo tem sofrido na pele toda uma enxurrada de repressão e de destruição de suas condições materiais de vida, ambos os ataques promovidos simultaneamente pela coordenação dos militares golpistas que assaltaram o poder político do país.

Tolerar todos esses ataques é jogar na lata do lixo toda a história revolucionária e, portanto, de insubordinação do povo trabalhador desse país contra as amarras colonialistas que se perpetuam e se intensificam até hoje. É não ter o mínimo de respeito com os compatriotas que foram assassinados por essa política neoliberal de propagação do vírus, de pilhagem do patrimônio nacional e de destruição dos direitos do povo.

Chega de passividade! 

É hora de vingar os 240 mil compatriotas assassinados pelos golpistas!

Obs.: As colunas não representam necessariamente os posicionamentos políticos do Editorial do Jornal Voz Operária. O Jornal está aberto as manifestações sinceras dos revolucionários no Brasil. Entre em contato para abrir uma coluna.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s