Militares dos EUA vão treinar no Vale do Paraíba para aprofundar o golpe imperialista

Por Gabriel Araújo

O governo capacho e entreguista de Jair Bolsonaro, que assalta o poder político do país desde a fraude eleitoral controlada pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos da América em 2018, mais uma vez externou sua grande vocação para lamber as botas dos norte-americanos. 

Não bastando a entrega da Base de Alcântara, a destruição e entrega da Embraer, a sabotagem ao programa nuclear brasileiro e respectivamente a construção de nossos submarinos nucleares, o governo satélite de Washington, autorizou por meio de decreto um treinamento militar entre oficiais brasileiros e norte-americanos na região do Vale do Paraíba. 

A região escolhida fica entre Resende-RJ e Lorena-SP, ou seja, entre os dois principais estados do país, região estratégica militar, política e economicamente. O que representa uma profunda afronta aos interesses nacionais, que vem sofrendo sucessivas ofensivas por parte dos norte-americanos desde que os mesmos derrubaram por meio do golpe de 2016 a Presidenta Dilma Rousseff (PT).

Os treinamentos vão ocorrer entre os dias 28 de novembro e 18 de dezembro deste ano. Foi escolhida essa região devido ao fato da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), que é um braço das Forças Armadas Norte-Americanas no Brasil, ficar localizada nesse local.

 O nome de fachada do treinamento é “Operações Combinadas e Exercícios de Rotação (CORE 21)”. O mesmo resultou de encaminhamentos da 36ª Conferência Bilateral de Estado-Maior Brasil-EUA, ocorrida em outubro passado.

Em agosto deste ano, os norte-americanos fizeram outro treinamento militar no país. Dessa vez foi em Campo Grande, no Estado do Mato Grosso do Sul. Segundo as Forças Armadas, o treinamento tinha o objetivo de realizar exercícios de possíveis ações conjuntas entre os dois países, simulando as missões de “paz” da ONU para as chamadas “guerras não convencionais”. Foi chamado de Exercício Conjunto Tápio 2021.

Tais treinamentos militares realizados pelos norte-americanos em solo nacional tornaram-se rotineiros desde que a burguesia nacional e o imperialismo assumiram o controle total do poder político do país em 2016. Todas essas justificativas para que fossem realizados são uma maquiagem que tem o objetivo de mascarar o verdadeiro sentido, que é o de aprofundar o domínio norte-americano no Brasil e portanto, na América-Latina.

Essas ações demonstram a preocupação de Washington em continuar comandando a situação política na região, infiltrando seus militares e espiões no território nacional, para perpetuar a repressão contra a esquerda e as lideranças nacionalistas. 

Nesse sentido, diferente do que pensou os diversos bajuladores do genocida Joe Biden (Democratas), de que esse representante do capital financeiro estaria contra o governo Bolsonaro e em favor dos interesses democráticos do povo brasileiro, o que se pode notar é que Biden está em lua de mel com Bolsonaro e que se sua terceira via (e da Globo) não emplacar, o casamento entre o Gabinete de Segurança Institucional e o Departamento de Estado Norte-Americano, deve se perpetuar e deixar Bolsonaro com a faixa presidencial.

As organizações de esquerda e verdadeiramente nacionalista devem rechaçar com a mais profunda contundência qualquer presença norte-americana no país, seja econômica, política ou militarmente. Os EUA declararam guerra contra nossa pátria ao promoverem a derrubada golpista da Presidenta Dilma e a implementação de uma política neoliberal que tira o couro do lombo do trabalhador brasileiro para ser servido em Wall Street. Os EUA são os principais inimigos do povo brasileiro e dever ser tratados pela esquerda como tal.

Obs.: As colunas não representam necessariamente os posicionamentos políticos do Editorial do Jornal Voz Operária. O Jornal está aberto as manifestações sinceras dos revolucionários no Brasil. Entre em contato para abrir uma coluna.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s