Alagamento na Bahia: o culpado é o neoliberalismo que destrói a infraestrutura nacional

Na grande mídia colonial, Globo, Estadão, Folha etc, pouco espaço foi dando ao alagamento no Estado da Bahia. Para os neoliberais, novamente culpam a natureza como causadora da tragédia. Nada é mencionado sobre a política neoliberal que durante décadas vem gerando a falta de infraestrutura, urbanização e saneamento que são as verdadeiras causas dessa tragédia que poderia ter sido evitada.

As fortes chuvas que começaram no dia 23 de dezembro e se estenderam até o dia 26 de dezembro, deixaram 100 municípios na situação de emergência, e outros, 116 municípios foram afetados. Até o dia 27 de dezembro, segunda-feira passada, a Defesa Civil registrou pelo menos 20 mortes e 358 pessoas feridas. Essas estatísticas ainda são imprecisas e não levam em conta os danos a saúde pública relacionados as diversas doenças que a população pode contrair pelo contato direto com as águas contaminadas na enchente. As prefeituras e o governo do estado da Bahia declararam um total de 471.009 pessoas afetadas. Dessas, 31.405 pessoas estão desabrigadas e 31.391 desalojadas.

A desigualdade e a falta de infraestrutura ocasionada pelas décadas de política neoliberal, se traduziu na construção de moradias precárias. Muitas vezes construídas em áreas de risco e vulneráveis a deslizamentos de terra e enchentes.

O Teto do Gasto, aprovado no governo golpista Temer, fez o orçamento em infraestrutura cair pela metade a partir de 2016. Segundo a Federação da Industria, para garantir padrões mínimos de desenvolvimento, o Orçamento para infraestrutura, que é basicamente transporte, saneamento, energia e telecomunicações deveria dobrar. Alcançou em 2014 o equivalente a 2,32% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Na sequência, o índice caiu ano a ano até chegar a 1,58% do PIB em 2020.

O transporte de carga rodoviário representa 61% da matriz brasileira. As ferrovias tem 53% dos seus trilhos inutilizados ou sem condições de operar, portos e rede aérea são pouco utilizados e tem perdas gigantescas. Em telecomunicações, o Brasil é um dos piores países, em um ranking de 148 países, o Brasil está em 79º na posição de velocidade da internet. Segundo a CNI, a falha do sistema elétrico ocasiona prejuízos em 67% das industrias brasileiras.

Em relação a saneamento, cerca de 35 milhões de brasileiros não tem acesso a água potável e metade da população nacional não tem coleta de lixo e esgoto. Apenas 24% dos dejetos coletados passam por tratamento. 37% dos munícipios brasileiros ainda registram epidemias de doenças relacionadas a falta de saneamento básico.

Depois de ressuscitar PSDB, a esquerda agora quer reciclar as Forças Armadas. O candidato a Presidente pelo PT, Lula, que nunca fala sobre o papel dos militares no golpe de Estado de 2016, mas pelo contrário, pretende governar com o Gabinete de Segurança Institucional, agora em um gesto de pura propaganda política chama as Forças Armadas para atuarem na enchente na Bahia.

Os militares, que governam o país desde 2016, que cortaram o investimento em infraestrutura e nunca defendeu a população brasileira, na realidade, os militares são os maiores inimigos da população, agora são referendados pela esquerda para fazer propaganda política.

Depois que a tragédia ocorre, não tem muito o que ser feito, até porque são os militares os maiores responsáveis pelo sucateamento na infraestrutura. Quem na realidade vai fazer o trabalho duro serão os trabalhadores do serviço de limpeza urbana, da defesa civil e especialmente própria população, que sempre esteve abandonada nessas ocasiões pelos governos. Já os militares, como de costume, vão distribuir algumas cestas básicas por pura publicidade.

Pra os neoliberais, investir em infraestrutura é um pecado. Nos Estados Unidos, o governo Joe Biden, liberou um orçamento de 1,2 trilhões de dólares para obras de infraestrutura, porém tem sido alvo de criticas de neoliberais dentro do seu proprio país, porque para eles, é mais importante girar esses recursos para a especulação no mercado financeiro.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s