Não é só o miliciano. Alto Comando das Forças Armadas tem que ser responsabilizado por genocídio

O comandante do Exército, o general Paulo Sérgio Nogueira, e o Diretor da Anvisa, Almirante Barros Torres protagonizaram mais uma pantomima com o miliciano que ocupa a Presidência após a farsa eleitoral de 2018.

O governo do miliciano tem mais de 6 157 militares ocupando cargos, quase todos o ministros são militares e o Gabinete de Segurança Institucional, órgão que reúne as principais pastas do governo, é comandado por oficiais. Mesmo assim, os militares covardes não assumem a responsabilidade da crise sanitária e tentam transformar Bolsonaro no único culpado.

Não existe golpe de Estado sem a participação dos militares. Os criminosos da Lava-Jato, operação do FBI para destruir as empresas brasileiras e derrubar governo do PT, foram apoiados pelos militares; Na sequencia, os militares promoveram a Intervenção Federal no Rio de Janeiro e fizeram expandir o poder das milícias; Os militares bancaram a fraude eleitoral de 2018 e pressionaram o STF para manter as condenações fraudulentas contra o Presidente Lula. Bolsonaro sempre foi um fantoche do projeto de poder dos militares.

Agora, após morrerem mais de 630 mil brasileiros com o coronavírus, mais de 700 mil por insuficiência respiratória aguda e passar 2 anos atrasando a vacinação, os oficiais do Alto Comando querem se isentarem do problema. Eles são os responsáveis pelo genocídio usando a doença, inclusive por deixar alas inteiras dos hospitais no Amazonas se sufocarem por falta de oxigênio. Na época, o Ministério da Saúde comandado por outro general foi alertado da falta de oxigênio e não fizeram absolutamente nada.

Existe agora uma operação midiática conduzida pela imprensa colonial, Folha, Estadão, Globo entre outras, e que conta com colaboração com as imprensas da esquerda, em especial o site Brasil 247, onde tentam reciclar a moral as Forças Armadas.

Os generais traidores da pátria usaram o vírus como arma de guerra contra o Brasil, usaram dinheiro da vacina para se enriquecer, desviaram dinheiro do auxílio, aproveitaram a pandemia para aprofundar a agenda de desmonte das Empresas publicas, atrasaram deliberadamente a vacinação entre tantos outros crimes. É hora de desmascarar toda a farsa e por os generais traidores da pátria no banco dos réus. Se eles não assumiram seus crimes de Estado de 1964, agora é hora de serem responsabilizados.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s