INFORME SOBRE A SITUAÇÃO DA GUERRA NA UCRÂNIA

RÚSSIA DIZ QUE FOI O OCIDENTE QUE COGITOU O USO DAS ARMAS NUCLEARES

Nessa quinta-feira, dia 03 de março, o Chanceler da Federação Russa, Serguéi Lavrov, em coletiva de imprensa, afirmou que os lideres ocidentais (entendesse Estados Unidos e Europa) que colocaram a guerra nuclear como opção. Lavrov lembrou declarações recentes de lideres ocidentais, como do Presidente norte-americano, Joe Biden, que disse que a única opção fora das sanções seria a 3 guerra mundial, do Ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, que lembrou que o país possui armas nucleares e do Chefe da NATO, Jens Stoltenberg, que declarou que a NATO pode movimentar armas nucleares pela Europa se for necessário. Lavrov lembrou que o uso de armas nucleares corresponde à uma doutrina militar, e que nenhuma provocação do Ocidente vai levar os militares russos à destemperar uma reação e que elas só podem ser usadas se a Rússia ver seu território atacado diretamente.

Lavrov denunciou que a histeria sobre uma guerra nuclear é parte da propaganda norte-americana e serve para os lideres ocidentais criarem terror na sua população e justificarem os ataques contra a Rússia. Durante 30 anos, desde o fim da URSS, que a NATO é uma aliança sem sentido, agora, acharam na Rússia o pretexto para conseguir movimentando a máquina de guerra. “Todo mundo sabe que uma Terceira Guerra Mundial só pode ser nuclear, mas ele chamou a atenção para o fato de que isso está nas mentes dos políticos ocidentais, não nas mentes dos russos”. Disse, o chanceler.

CONTINUA A SEGUNDA MESAS DE NEGOCIAÇÕES ENTRE RÚSSIA E UCRÂNIA

As delegações da Rússia e da Ucrânia iniciaram uma nova rodada de negociações, dias após a região bielorrussa de Gomel ter sediado um primeiro contato, que durou cinco horas.

A delegação ucraniana não obteve os resultados desejados após a segunda rodada de negociações com a Rússia, disse quinta-feira o assessor do chefe do Gabinete Presidencial ucraniano, Mikhail Podolyak. No entanto, Podolyak anunciou que haverá uma terceira reunião. “Concordamos em avançar para uma terceira rodada o mais rápido possível”, disse ele.

O conselheiro do presidente russo, Vladimir Medinsky, afirmou que o dialogo se dividiu em três partes, militar, internacional humanitário e a regulação política do conflito. Ambas as partes concordaram em criar corredores humanitários para algumas regiões com cessar fogo temporário nessas localidades.

A reunião ocorreu após atrasos e a delegação ucraniana ter criado deliberadamente empecilhos logísticos para a reunião. Moscou disse que isso refletia a falta de soberania da Ucrânia e que eram os norte-americanos trabalhando para dificultar as negociações.

NAZISTAS E TERRORISTAS LEVADOS PELOS EUA À UCRANIA SERÃO TRATADOS COMO BANDIDOS COMUNS

O Ministério da Defesa russo adverte que não vai lidar com mercenários enviados pelo Ocidente para a Ucrânia como prisioneiros de guerra. “Quero sublinhar oficialmente: todos os mercenários enviados pelo Ocidente para ajudar o regime nacionalista em Kiev não são combatentes de acordo com o direito internacional humanitário. Eles não têm direito ao status de prisioneiros de guerra”, alertou o porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov

Kiev afirmou que cerca de 16.000 mercenários estrangeiros estão prestes a chegar à Ucrânia, sem necessidade de visto. De acordo com autoridades da Síria, 2.500 extremistas se registraram até agora para ir à Ucrânia e devem entrar na Ucrânia via Turquia e Polônia para combater o exército russo, e que a CIA opera a logística.

OPERAÇÕES PARA DESMILITARIZAR UCRANIA CONTINUA

Nesse oitavo dia de Operação Militar Especial da Rússia no território da Ucrânia, um total de 1612 alvos militares ucranianos foram destruídos, 62 postos de comando e centros de comunicação, 39 sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e Buk M-1, além de 52 radares, anunciou o porta-voz das Forças Armadas, Igor Konashenkov. Além disso, continuou, 49 aeronaves foram destruídas em aeródromos e outras 13 no ar, 606 carros de combate e blindados, 67 lançadores múltiplos de foguetes, 227 sistemas de artilharia e morteiros, 405 veículos militares e 53 drones.

Kiev foi abalada por uma série de explosões poderosas em várias partes. Moscou adverte que a desmilitarização da Ucrânia é o único caminho que resta para evitar uma guerra em larga escala na Europa.

NAZISTAS DISPARAM CONTRA A POPULAÇÃO DE MARIÚPOL

Militares russos denunciam que as milícias nazistas que estão na cidade de Mariúpol, Ucrânia, tem mantido a população civil como escudo humano. A população tem sido proibida de deixar a cidade, que já encontra níveis críticos de remédios, água, alimentos e energia elétrica.

EUA VOLTA A DIZER QUE NÃO VAI LUTAR PELA UCRÂNIA

O governo dos Estados Unidos ratifica que não está interessado em se envolver em uma guerra com a Rússia no território da Ucrânia devido à crise que o país eslavo vive.

“Não vamos lutar contra a Rússia na Ucrânia”, deixou claro o secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, na quarta-feira, depois de rejeitar um pedido do presidente ucraniano Zelensky para ordenar a criação de uma zona de exclusão aérea na Ucrânia.

Por sua vez, o secretário-geral NATO, Jens Stoltenberg, já havia informado que a organização não tem planos de enviar tropas para dentro da Ucrânia, argumentando que este país não é membro da Aliança Atlântica. E é apenas um aliado.

CHINA ACUSA IMPRENSA OCIDENTAL DE ESPALHAR NOTICIAS FALSAS SOBRE CONFLITO NA UCRÂNIA

O Ministério das Relações Exteriores da China nega qualquer coordenação com a Rússia na Ucrânia e chama essas mentiras de “notícias falsas”. O jornal americano The New York Times publicou um artigo na quarta-feira, no qual, citando um relatório de inteligência ocidental, informou que altos funcionários chineses supostamente disseram a altos funcionários russos no início de fevereiro para não lançar sua operação na Ucrânia antes do final do inverno. Olimpíadas em Pequim.

ARGENTINA E BOLÍVIA

O chanceler argentino, Santiago Cafiero, ratificou a posição do presidente Alberto Fernández, que dias atrás rejeitou a ideia de se comprometer com medidas coercitivas unilaterais impostas por Washington contra Moscou. Argentina descarta aplicar sanções unilaterais contra a Rússia: “Não são um mecanismo para gerar paz ou harmonia”.

O presidente golpeado da Bolívia, Evo Morales, condenou a censura contra os meios de comunicação russos. “A Europa supostamente defende a liberdade de expressão, a democracia e agora vemos que restringe a liberdade de expressão”, disse, acrescentando que o respeito a este princípio deve ser geral e “não restringir a transmissão de qualquer comunicação da mídia”. Evo também disse que a Rússia não é invasora e que ela está se defendendo nessa história.

LOUCURA DE WASHINGTON ATACA ATLETAS PARAOLÍMPICOS E ATÉ ORGANIZAÇÃO DE GATOS E ARVORES RUSSAS

Da Rússia percebem com indignação a proibição de seus atletas paraolímpicos de participarem dos Jogos de Pequim, sem uma justificativa viável e prometem contestá-la. As sanções promovidas pelo Ocidente já não se limitam ao seu objetivo declarado de pressão financeira, agora parece que procuram humilhar o país e seu povo em diferentes áreas. Enquanto isso, o Ocidente também é prejudicado por seus próprios movimentos agressivos.

BARRIL DE PETRÓLEO NO SEU MAIOR PREÇO DESDE 2008, DATA DA CRISE FINANCEIRA

Os preços do petróleo dispararam para níveis recordes desde 2008, enquanto as metas e commodities agrícolas, ambas as quais a Rússia e um grande produtor continuarem a subir, os preços do petróleo chegou à US$ 120, em seguida, fechou em queda de 2,18%, a US$ 110,46.

O preço do ouro teve alta de 0,71%, fechando em U$ 1.935,90 por onça. O ouro é considerado uma fonte segura financeira diante da escalada de conflito na Europa.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s