INFORME SOBRE A SITUAÇÃO DA OPERAÇÃO ESPECIAL NA UCRÂNIA

MEMBRO DA DELEGAÇÃO UCRANIANA DE NEGOCIAÇÃO É ASSASSINADO PELO REGIME DE KIEV

Nesse sábado, dia 05 de março, o canal russo Rossiya 24, citando a mídia local da Ucrânia, confirmou que Denis Kireev, membro da primeira delegação de negociação ucraniana, foi sentenciado à pena de morte pelo Tribunal de Kiev. Ele foi acusado pelo Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) de traição, as provas foram “algumas conversas telefônicas”. A Ucrânia está sob lei marcial desde o dia 24 de fevereiro.

LAVROV DIZ QUE UCRÂNIA CRIA TODO O TIPO DE DIFICULDADES PARA NÃO NEGOCIAR

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, ressaltou neste sábado que a delegação russa, está desde a noite de 4 de março, preparada e esperando para realizar a terceira rodada de negociações, no entanto, indicou que a delegação ucraniana faz todo o possível para adiar o encontro.

A terceira mesa de negociações russo-ucranianas, está indicada para ocorrer entre dia 05 de março e 06 de março. Moscou já mencionou em diversas ocasiões que Kiev não tem autonomia política e que os Estados Unidos orientam deliberadamente para Kiev atrasas as negociações, enquanto se insiste em manter o conflito e desestabilização da Ucrânia.

PUTIN DIZ QUE SANÇÕES SÃO DECLARAÇÃO DE GUERRA E QUE EUA FAZEM TEATRO NA UCRANIA

O presidente russo, Putin, em reunião com as tripulações de voo das linhas aéreas da Rússia, descreveu as sanções contra a Rússia como uma “declaração de guerra” e chama a posição dos Estados Unidos em relação à Ucrânia de “teatro do absurdo” e um “delírio”, com um discurso de um mundo invertido.

Ele também alertou os EUA e Europa que qualquer tentativa de impor uma zona de exclusão aérea à Ucrânia levaria a conflito direto com a Rússia, se referiu ao pedido do comendiante ucraniano, Zelenski, a NATO para estabelecer uma zona de exclusão aérea.

PUTIN NÃO VÊ COMO NECESSÁRIO IMPOR LEI MARCIAL E NEM ESTADO DE EMERGÊNCIA NA RÚSSIA

Putin deixou claro que não planeja declarar nenhum tipo de lei marcial ou situação de emergência na Rússia. Tal medida só poderá ser imposta apenas quando houver uma ameaça interna ou externa significativa.

14 MIL CIVIS E 500 CRIANÇAS MORTAS EM DONBAAS PELOS NAZISTAS UCRANIANOS

Putin disse que entre 13.000 e 14.000 foram mortos ao longo dos 8 anos de massacre levado á cabo por Kiev. Mais de 500 crianças foram mortas ou mutiladas, lamentou Putin, enquanto os Estados Unidos e Europa fecharam os olhos para isso.

ARMAS DA NATO SÃO CAPTURADAS PELA RÚSSIA

O porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashénkov, informou neste sábado que tropas russas destruíram um Arsenal de armas estrangeiras, incluindo mísseis antitanque de fabricação americana e britânica, em Zhytomyr, no oeste da Ucrânia.

Desde o início da operação em 24 de fevereiro até hoje, um total de 2.037 objetos de infraestrutura militar ucraniana foram destruídos, incluindo 71 postos de controle e comunicação, 98 defesa antiaérea S-300, Buk M-1 e Osa, além de 61 radares, 708 tanques e outros veículos blindados de combate, 74 sistemas de lançamento de foguetes múltiplos, 505 unidades de tecnologia automobilística militar, 261 peças de artilharia e morteiros, 56 drones e bem como 82 aviões.

Os russos tomaram uma base militar ucraniana na região de Jérson, o exército ucraniano deixou para trás tanques, veículos de transporte, 4,5 toneladas de munição, além de minas, projéteis de morteiro e antitanque.

CESSAR FOGO TEMPORÁRIO E CORREDORES HUMANITÁRIOS ESTÃO SENDO ATACADOS PELOS NAZISTAS UCRANIANOS

O governo ucraniano afirmou que na cidade de Mariúpol, cerca de 200 mil pessoas esperam para sair da cidade, através dos corredores humanitários que são monitorados por Kiev e Moscou, porém os neonazistas que controlam a defesa da cidade impedem a saída da população local. Foram identificados, através de interceptação de radio, a presença de yihadistas e neonazistas que estão usando a população como escudo humano. O prefeito da cidade declarou que a media vai possibilitar o reabastecimento de energia elétrica, água e telefone, e garantir entrada de alimentos e medicamentos. As tropas populares do Exército de Donbass denunciaram que a cidade já está à 5 dias sem mantimentos básicos.

FRANÇA, ISRAEL, INDIA E CHINA

O presidente russo se reuniu em Moscou com o primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, informou o porta-voz presidencial russo Dmitri Peskov, para discutir a situação em torno da Ucrânia.

De acordo com o jornal francês, Le Figaro, o governo de Emmanuel Macron pediu às empresas de seu país que operam na Rússia não se apressarem a sair do país.

O Chanceler chinês, Wang Yi, declarou que a ONU elabore um estudo de impacto negativo do crescimento de bases militares da NATO em torno da Rússia. Também solicitou que se elabore um sistema de defesa equilibrado para Europa para resolver a escalada do conflito.

Segundo o jornal indiano The Economic Times, o governo do seu país analisa “todos os mecanismos de pagamento possíveis” para contornar as sanções impostas contra a Rússia porque deseja continuar o comércio bilateral. O comércio bilateral entre as nações é de cerca de US$ 10 bilhões por ano.

As sanções ilegais impostas pelos Estados Unidos contra a Rússia já estão começando a causar estragos no comércio mundial, com consequências para elevação dos preços de combustíveis, minérios e grãos. A indústria de alimentos no mundo, que tenta superar a inflação causada pela crise coronavírus recebe mais um golpe, que pode elevar muito os preços.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s