Anticomunismo de Leonardo Boff é teatro para aceitar neoliberais na eleição

No último dia 31 de março, um dos teóricos e formadores do Partido dos Trabalhadores, o jesuíta Leonardo Boff comparou a Ditadura Militar de 1964 com os regimes socialistas no mundo. Qual é o sentido de fazer essa comparação, que não sequer há lastro social, e respaldo com a realidade? Além, dessa declaração sem afirmar que, hoje, vivemos uma ditadura torna-se uma falsa polêmica, e uma justificativa esdrúxula para aproximar-se eleitoralmente, a mando do Vaticano, dos neoliberais.

A esquerda aqui quer performar uma postura “democrática” e falas de inutilidades, tem que pensar para falar isso? Ao contrário de denunciar o golpe de 2016, Boff adota essa postura anticomunista de olho na eleição de 2022, porque o PT, partido que o Vaticano apoia, adotou uma aliança com os neoliberais do PSDB e agora tem que se vender como moderados. Já tem um bom tempo que ele vem compartilhando coisas do estúpido Reinaldo Azevedo, amigo do Aécio, que até ontem era chamado de inimigo pela cúpula do PT, e agora é aliado.

Leonardo Boff é apontado pela esquerda como um homem sábio, desejado pelos partidos como um dirigente político exemplar, porém, tudo isso é demagogia, porque a certeza que quando o Brasil tiver um problema de fato ninguém vai chamar o Boff para resolver.

Boff, Pepe Mujica, Lula e outros dirigentes da esquerda foram formados nas mesmas escolas dos jesuítas. Todos eles falam as mesmas coisas, “platitudes” loucas, dizem coisas genéricas, nunca entram em problema nenhum, apontam resoluções “pseudofilosóficas” da vida e fazem parte daquele amontoado de líderes espirituais da esquerda que não servem para nada e não mudam nada (e a prova disso é ver como está a situação do Uruguai e do Brasil hoje). Pior, tem pessoas que se inspiram nesses transloucados e ignorantes.

A preocupação de Boff não é a democracia que não existe. Até porque não se vê o Boff criticando o Zelensky, que é um nazista de fato, que fechou o Congresso, baniu 11 partidos e unificou todos os canais de comunicação em um só, chamando de “United News”, por pouco não chamou de central de propaganda norte-americana.

Temos um problema de fato e o Boff enrola e não ajuda a resolver. Nesse apelo ao “amor” na política, porque ele que prega isso e ajuda a convencer os Estados Unidos para deixarem de expandir o Império infinito e faz com que os outros países reajam? Ao contrário, os EUA criam uma enxurrada de propaganda, ativam sua rede global de propaganda onde eles mentem o tempo todo, incentivam o Ditador nazista Zelenski a jogar seu povo em uma histeria coletiva suicida, criando uma narrativa de que os ucranianos vão resistir ao maravilhoso Exército russo com suas Ak de papelão. Existe mais sucesso do consenso de propaganda no Brasil que dos EUA. Boff, o mesmo que se cala diante do nazista Zelensky, faz parte da mesma esquerda que queriam decapitar o Monak meses atrás.

A postura negligente do Boff é ofensiva, porque o Brasil tem problema e ele não ajuda a resolver, não participa da ação e não toma uma atitude, também não diz o que está acontecendo. Só atrapalha a analise política. Qual o tema que o Boff quer discutir? É a herança da Ditadura Militar? É a anistia aos torturadores e assassinos que a Igreja Católica apoiou? E a falsa democracia da República de 1988? O que ele quer com toda essa conversa? Ou é apenas roubar nosso tempo com bobagens?

Se estivéssemos armas nucleares, os EUA não davam golpe aqui, era o que o almirante Othon Pinheiro estava fazendo, fale disso! Fale da rapinagem norteamericana das nossas empresas! Diga que o GSI montou um regime sustentado com tráfico de drogas! Ele não mostra sabedoria de fato, é só divagações, mas ele está perdoado por devagar, até porque ele é idoso, mas não deixa de ser idiota por isso.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s