Lula e os militares: Forças Armadas governam e golpeiam o Brasil

Na última segunda-feira, 04 de abril, em encontro com a Diretoria da Central Única dos Trabalhadores (CUT), o ex-presidente Lula disse que vai retirar dos cargos comissionados cerca de 8 mil militares, que foram tomados no governo desde o início do golpe de Estado de 2016. “Nós vamos ter que começar o governo sabendo que vamos ter que tirar quase 8 mil militares que estão em cargos de pessoas que não prestaram concurso”, disse o ex-presidente.

Para entender essa frase tem que ser colocada dentro do contexto. Ao dizer isso, Lula estava agitando a sua plateia, ao apontar as dificuldades da eleição e de adotar a agenda do governo, caso seja eleito. Para isso, Lula diz que é necessário ter a maioria no Congresso. Não se trata de um programa e nem de uma política do PT para as Forças Armadas. Nem no momento onde o PT era mais forte, os governos petistas não conseguiram obter maioria no Congresso, muito menos vão conseguir agora. E isso não tem nada a ver com projeções, mas sim ao entender que a estrutura do Congresso Nacional, e principalmente do Senado, é feita para preservar o poder das Oligarquias.

Essa declaração vem acompanhada por uma série de falas similares do ex-presidente. Desde a semana passada, na sua viagem ao Rio de Janeiro, também em um encontro com sindicalistas, no caso petroleiros, Lula havia se referido aos militares dizendo que: “não é papel das forças armadas puxar saco do Bolsonaro”. Na UERJ, Lula disse que: “os militares tem que ficar acima das disputas politicas, Exercito não serve para politica, serve para proteger fronteiras do país de ameaças externas”.

Lula jamais entra nas questões realmente importantes, tais como: o papel dirigente dos militares no golpe de Estado de 2016, porque seu governo não conseguiu deter o golpismo dentro das Forças Armadas, o erro de ter formado toda uma geração de militares golpistas nas missões de Paz da ONU, o fracasso da política de Defesa do governo PT, o erro de ter ocupado militarmente favelas no Brasil, o que o Alto Comando fez para fraudar as eleições de 2018, o problema do poder nas mãos do Gabinete de Segurança Institucional, que é o governo de fato do Brasil, entre muitas outras questões realmente sérias.

Na realidade, Lula está tentando preservar as Forças Armadas de todo desgaste politico que foi a participação dela no golpe, nos governos e a gestão da Pandemia. A maior preocupação do Lula com relação aos militares é reciclar as “regras institucionais”, onde os militares tinham a tutela da sociedade, mas não interviam diretamente na política.

Dentro do Alto Comando, muitos generais também criticam cinicamente a participação das Forças Armadas no governo. A questão de haver militares em cargos públicos se torna menor quando todo o poder de Estado está na mão do Gabinete de Segurança Institucional.

Ele também não fala como é que ele vai tirar os 8 mil militares dos cargos comissionados. Os militares vão aceitar sair das mamatas e voltar para casa tranquilamente? Só seria possível fazer enfrentamento com os militares se houvesse mobilização popular, e isso simplesmente passa ao largo do discurso do Lula.

Qual base politica e social que vai sustentar essas mudanças? Já fazem muitos anos que os movimentos sociais e o movimento sindical estão destruídos. Agora a militância está completamente anestesiada pela histeria eleitoral e não consegue raciocinar, ao mesmo tempo que os identidátios perseguem todos em uma inquisição.

Além disso, desde 2016, os partidos e as organizações políticas traíram constantemente o povo. Eles diziam que o “golpe é página virada” e “fiquem em casa”, quando todos eram obrigados a trabalhar na Pandemia. Com que cara vão chamar o povo para defender o seu governo, se o PT abandonou o povo? O mais óbvio é que não vão promover mudança alguma e somente vão manejar uma colônia assistencialista, como sempre fizeram.

Sabia que a partir de 16 centavos ao dia você ajuda a imprensa popular e investiga a se manter? Acesse www.apoia.se/vozoperariarj para saber mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s