EUA reconhece golpista e Maduro rompe relações em retaliação.

Golpista lunático se auto-proclama “presidente da Venezuela” e EUA e seus satélites o reconhecem. Presidente Maduro, em resposta, corta relações diplomáticas com os EUA e dá 72 horas para seus funcionários deixarem o país.

Continue lendo